Algo que chama muito a atenção por aqui, em Gramado, é a diferença de preço na cidade entre baixa e alta temporada. A diferença reflete no valor de passagens, hospedagem, passeios e restaurantes – enfim, praticamente em tudo.

As épocas de alta temporada são:

Páscoa – geralmente, o período de Páscoa compreende o final de março e início de abril. A decoração temática da cidade acaba atraindo diversos turistas à rua principal, a Avenida Borges de Medeiros, e também à rua coberta. Nesse período lotam-se as famosas fábricas e lojas de chocolate da cidade. Além disso, destacam-se os eventos religiosos. Ideal para uma viagem em família.

Julho – as férias escolares de julho, aliadas ao frio e a expectativa de neve na Serra Gaúcha fazem com que esse período seja um dos mais populares entre os visitantes. A cidade ganha contornos europeus e o clima romântico se sobressai. É a época perfeita para botar seu casaco, passear nas ruas e aproveitar a culinária típica da cidade, do vinho à fondue. Ideal para uma viagem de casal.

Agosto – mais um pedacinho de alta temporada isolado, dessa vez devido ao Festival de Cinema de Gramado, o maior festival de cinema da América Latina. No final desse mês, a temperatura na cidade, que é praticamente a mesmo de julho, vê o clima romântico ficar um pouco mais agitado. Além do festival em sí, os bares ficam lotados de gente jovem. Ideal para quem quer curtir a noite local.

Novembro a janeiro – é, sem sombra de dúvidas, o maior período de movimento nessa localidade. As decorações do Natal Luz e o ano novo transformam o clima em uma gigante e estendida festa. Fora que os dias bonitos e a temperatura mais quente dão ainda mais vida a paisagem natural da cidade. É ideal para qualquer um que queira curtir a cidade a luz do dia!

Demais feriados – é importante ficar atento aos feriados nacionais, estaduais e municipais (de Porto Alegre, principalmente). Ainda que fora de época, as cidades de Gramado e Canela enchem, numa espécie de alta temporada provisória, e os valor também acompanham o movimento, como consequência.

Para quem não se importa com o hype (a euforia) da alta temporada, em baixa temporada o custo da viagem pode reduzir consideravelmente. Com exceção as decorações, todavia, a cidade continua sendo a mesma: linda, charmosa e vasta em programações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *